Kombuskini: O Cordão de Oração

Kombuskini: O Cordão de Oração

O kombuskini, denominado em russo de Chotki, é um cordão de oração, originalmente feito de pura lã para nos lembrar que Jesus é o cordeiro de Deus, porém pode ser feito de outros materiais.

A origem do Cordão de Oração é atribuída ao tempo da fundação do monaquismo cenobítico. São Pacômio, o Grande (século IV), foi quem o introduziu como uma maneira de ajudar os monges analfabetos a cumprirem sua regra de oração diária. Desde então, o Cordão de Oração passou a ganhar popularidade no monaquismo oriental, e tem sido de uso comum entre os cristãos.

Esse cordão de oração era entregue aos noviços para o exercício continuo da Invocação do Nome do Senhor. Os noviços exercitavam-se durante uma temporada assinalada pelo seu staretz (Mestre ou Pai espiritual), na repetição da Oração de Jesus.

Segundo o número de repetições conseguidas pelo jovem aspirante, o seu Mestre ‘impunha-lhe’ um novo aumento no número de repetições até conseguir do seu jovem discípulo a vivência contínua da presença do Senhor pela repetição da oração.

No livro “Relatos de um Peregrino Russo”, podemos ter um exemplo claro dessa realidade.